Ir para o conteúdo
FRETE GRÁTIS ACIMA DE 55€ NA PENÍNSULA
PRIMEIRA MUDANÇA GRATUITA DE TAMANHO NA NOVA COLEÇÃO
Carrinho
0 itens

Diferenças entre sapatilhas, bailarinas e Mary Janes

Diferencias entre manoletinas, bailarinas y merceditas

Manoletinas, bailarinas o merceditas, esa es la cuestión. Embora o imaginário popular acredite que se trata do mesmo tipo de calçado plano, elegante, fechado e confortável, convém referir que não são iguais. 

Esses 3 modelos de calçados femininos muito parecidos são diferentes, por isso muitos erroneamente os apontam como sinônimos.

No próximo artigo veremos as diferenças entre sapatilhas, sapatilhas e Mary Janes. E conheça a fundo o que cada um deles se caracteriza.

Qual é a origem das sapatilhas?

Um apartamento, chique e feito na Espanha? A sapatilha é a resposta. E as sapatilhas provaram ser a fusão perfeita entre conforto absoluto e elegância. 

As sapatilhas são sapatos com biqueira arredondada, sem fecho e com sola totalmente plana, embora às vezes possam apresentar um pouco de cunha.

En efecto, las manoletinas se caracterizan por ser un calzado versátil, perfecto para todo tipo de roupas: de conjuntos mais casual, até para ir ao escritório; passando por eventos de qualquer tipo. Saltos não são obrigatórios!

Historia de las manoletinas

Mas de onde vem o nome “manoletina”? Pois bem, temos que recuar ao século passado e a uma das figuras mais populares de Espanha durante a sua primeira metade: o toureiro Manolete. É daí que vem o seu nome. 

Manolete usava este calçado durante as touradas. Mais tarde, o designer Manuel Rodríguez Sánchez inspirou-se no matador para criar este popular sapato feminino.

 

Qual é a origem das bailarinas?

Como já dissemos na época, os dançarinos São calçados essenciais no dia a dia de muitas mulheres. São ideais para todos os tipos de looks, tanto vestidos como calças, e também são uma verdadeira deve para qualquer estação do ano. E, como o próprio nome sugere, Sua origem remonta ao balé clássico.

As bailarinas são sapatos planos, confortáveis ​​e flexíveis.

A bailarina costuma ter bico arredondado, além de peito do pé aberto sem fecho. No entanto, deve-se notar que há uma grande variedade de modelos de bailarinas no mercado. Podemos encontrá-los em diferentes cores, estilos e designs. Por exemplo, encontramos o bailarinas de ponta ondas bailarinas de dedo quadrado

História dos dançarinos

Embora sua origem remonte à dançarina francesa Marie Camargo, no século XVIII, que decidiu deixar de lado os saltos e encurtar a saia para dançar no palco, foi somente na década de 1940 que a estilista Claire McCardell os popularizou.

Da mesma forma, já na década de cinquenta, Givenchy usou a lendária Audrey Hepburn em “Sabrina” com este tipo de calçado. O sucesso foi tal que mais tarde o faria também em outros filmes clássicos como “Roman Holiday” ou “Breakfast at Tiffany’s”.

Qual é a origem de Mary Janes?

As merceditas ou Mary Jane's São um sapato aberto, com biqueira arredondada, mas com fecho que segura o pé. Este último pode ser uma fivela, um botão, um gancho ou um velcro; dependendo do projeto.

Este sapato é muito versátil, pois seu estilo acompanha perfeitamente as tendências da moda. Por este motivo, podemos encontrar Mary Janes tanto com sola plana como com salto ou cunha. 

E, sem dúvida, um dos designers mais importantes da história da Mary Janes para mulheres é Manolo Blahnik, que se atreveu a adicionar um salto a eles. Desta forma, entre os mais fiéis embaixadores do sapateiro canário e da sua criação encontramos a atriz Sarah Jessica Parker, a cantora Rihanna ou a modelo Kate Moss, entre muitos outros rostos conhecidos. 

História das Merceditas

Se o nome “manoletinas” vem do toureiro Manolete, as “merceditas” têm uma verdadeira etimologia. Especificamente, nos referimos a María de las Mercedes de Orleans, esposa do rei Alfonso XII e rainha consorte da Espanha

Ela era conhecida como Merceditas e morreu apenas 5 meses depois de se casar, aos 18 anos. Em sua homenagem, criaram uma música que fazia referência aos sapatos de couro envernizado que ela usou no dia do casamento e que inspirou este modelo de calçado.

A seguir, vejamos as diferenças entre sapatilhas, sapatilhas e Mary Janes. 

Bailarinas ou sapatilhas: quais as diferenças?

A única diferença entre sapatilhas e bailarinas está na sua único. Enquanto as sapatilhas têm sola mais grossa ou podem até ter salto ou alguma cunha; as bailarinas são muito mais finas.

Manoletinas ou Mary Janes: Quais as diferenças?

E em que as sapatilhas e as Mary Janes são diferentes? Muito simples: para distinguir estes dois sapatos espanhóis, é preciso olhar para a sua fechando

As Mary Janes têm apoio no peito do pé, as flats não têm nada; por isso é fácil diferenciá-los rapidamente.

Diferenças entre Mary Janes e bailarinas

Novamente, para diferenciar entre Mary Janes e bailarinas teremos que olhar para o tiras de fixação. Mary Janes sim, enquanto as sapatilhas são um tipo de calçado largo. Eles são fáceis de verificar.

Em Defloresyfloreros Temos uma vasta coleção de calçado fabricado em Espanha onde, claro, temos sapatilhas, sapatilhas e Mary Janes para si. Visite já a nossa loja online ou, se preferir, estamos no Rua Almirante, 16, Madri.

 

 

 

Postagem anterior
Próximo Artigo
Alguém comprou recentemente um

Grato pela assinatura!

Este e-mail foi cadastrado!

Compre o visual

Selecione opções

visualizado recentemente

Notificação de volta ao estoque
this is just a warning
Acceso
Meu carrinho
0 artigos